domingo, 20 de abril de 2014

Não podemos entender a grandeza do Senhor Supremo



Não podemos entender a grandeza do Senhor Supremo



“Os tolos zombam de Mim quando venho sob forma humana. Eles não conhecem Minha natureza transcendental como o Supremo Senhor de tudo o que existe.” BG. 9:11




            Queridos devotos, recebam todo meu afeto no dia de hoje. Quero compartilhar um verso muito importante para meditarmos juntos, é um verso do Bhagavad Gita, capítulo 9, chamado O conhecimento mais confidencial:

mahatmanas tu mam partha
daivim prakrtim asritah
bhajanty ananya-manaso
jnatva bhutadim avyayam

“Ó filho de Prtha, aqueles que não se iludem, as grandes almas, estão sob a proteção da natureza divina. Eles se ocupam completamente em serviço devocional porque sabem que Eu sou a original e inexaurível Suprema Personalidade de Deus.” BG. 9:13

            Neste verso, as palavras “bhajanty ananya-manaso” querem dizer: fazer serviço sem desvio da mente; “jnatva bhutadim avyayam”: que assim poderá conhecer ao Senhor que é inesgotável; “avyayam”: que é inesgotável. O Senhor que é inesgotável. E há outro verso que é complementário e é muito importante:

avajananti mam mudha
manusim tanum asritam
param bhavan ajananto
mama bhuta-mahesvaram

“Os tolos zombam de Mim quando venho sob forma humana. Eles não conhecem Minha natureza transcendental como o Supremo Senhor de tudo o que existe.” BG. 9:11

            Krishna disse bem claro: “Os tontos me ignoram quando apareço em minha forma humana porque eles não conhecem minha natureza transcendental.” E o verso anterior também é muito importante:

mayadhyaksena prakrtih
suyate sa-caracaram
hetunanena kaunteya
jagad viparivartate

“Esta natureza material, que é uma das Minhas energias, funciona sob Minha direção, ó filho de Kunti, produzindo todos os seres móveis e imóveis. Obedecendo-lhe ao comando, esta manifestação é criada e aniquilada repetidas vezes.”

            É muito importante aprender versos, os Vedas são muito poderosos. O Bhagavad Gita nos fala de muitas coisas, é muito importante aqui que Krishna aponta que a natureza material é criada por Ele e está sob Seu controle. Isso significa que todas as entidades vivas neste mundo material são criadas por Ele: aves, serpentes, crocodilos, coelhos, árvores, todos, e assim esta criação é aniquilada e criada novamente.
            Assim, efetivamente, o Bhagavad Gita nos diz claramente como são as coisas. Não há espaço para especulação. Hoje quero compartilhar com vocês muitos versos que falam por si só:

raja-vidya raja-guhyam
pavitram idam uttamam
pratyaksavagamam dharmyam
su-sukham kartum avyayam

“Este conhecimento é o rei da educação, o mais secreto de todos os segredos. É o conhecimento mais puro, e por conceder uma percepção direta do eu, é a perfeição da religião. Ele é eterno e é executado alegremente.” BG. 9:2

            Estes versos são muito importantes. Deveríamos não só memorizá-los senão que aprender a tradução e ler a explicação de Srila Prabhupada sobre cada um deles, para assim entendê-los. Um pregador deve se qualificar muito bem e aprender versos das escrituras para que sua mensagem se torne consistente. Por isso os devotos no SEVA trabalham para compilar o livro Pracaramrta, para que todos vocês como bons pregadores possam ter todas as ferramentas em mãos.
            Este é outro verso muito poderoso, onde se confirma a onipresença de Krishna:

maya tatam idam sarvam
jagad avyakta-murtina
mat-sthani sarva-bhutani
na caham tesv avasthitah

“Sob Minha forma imanifesta, Eu penetro este Universo inteiro. Todos os seres estão em Mim, mas Eu não estou neles.” BG. 9:4

            Uma declaração muito poderosa. O Bhagavad Gita está cheio de declarações poderosíssimas. O Senhor disse: “Todos os seres estão em Mim, mas Eu não estou neles.” Mas também o Senhor está no coração de cada um como o Paramatma. Assim são Suas infinitas qualidades.
            Não podemos entender a grandeza do Senhor Supremo, então quando se fala do Paramatma, alguns pensam que isso quer dizer que todos somos Deus, mas não há nada mais errado do que isso. Nós somos parte e porção de Deus, NÃO somos Deus. É como dizer que um pai tem mil filhos e um desses filhos disser: “Eu também sou o pai”, isso não é possível, ele é só mais um filho deste pai, não é o pai, não tem sentido. Os outros 999 diriam: “Como pode dizer que é nosso pai? Você é nosso irmão.” Devemos aprender este néctar do Bhagavad Gita. Eu quero que vocês aprendam este néctar, que o compartilhem com entusiasmo nos templos.
            Na medida em que lemos estas declarações do Bhagavad Gita e as fazemos parte da nossa vida, encontramos toda a informação que precisamos, podemos acalmar todas as dúvidas que vierem.
            Krishna é o nosso bem-querente eterno e Ele mesmo nos deixou Seu Bhagavad Gita para esclarecer qualquer confusão a respeito. E, além disso, nos enviou Seu querido Srila Prabhupada que explica cada detalhe a nós que não temos a compreensão adequada. Krishna também diz: “Tudo o que fizer, que oferecer ou ganhar, faça exclusivamente como uma oferenda a Mim.” Essa é a conclusão do Bhagavad Gita, que tudo deve ser oferecido aos Pés de Lótus do Senhor.
            Com estas palavras me despeço por hoje. Agradeço a todos vocês que a cada semana estão presentes no Chat Dominical. Nos próximos dias eu volto a Miami, Nova York e logo ao Equador. Feliz em ter compartilhado tanto com os devotos da Alemanha.
            Deixo todo meu afeto.
            Jay Srila Prabhupada.

            Seu sempre bem-querente,
            Swami B. A. Paramadvaiti.

Um comentário:

  1. REVERENCIAS...♥ AMADISIMO PADRE ESPIRITUAL...♥ NAMASTE...♥ HK

    ResponderExcluir